Dicas para selecionar o melhor servidor dedicado de hospedagem

por Adam Erhart
Servidor Dedicado

Se você possui um projeto da web, provavelmente sabe que um dos fatores mais importantes ao trabalhar na web é a flexibilidade. Seu site precisa ficar online o tempo todo, mas ainda assim ser flexível o suficiente para estar pronto para fluxos de usuários extra elevados.

Existem três tipos principais de hospedagem na web: compartilhada, VPS e hospedagem dedicada. Soluções compartilhadas são baratas e boas para start-ups. A hospedagem VPS é melhor para o estágio intermediário de crescimento do projeto. Finalmente, os servidores dedicados são os melhores em termos de fornecer flexibilidade não apenas em termos de fluxo de usuários, mas também em termos de gerenciamento de servidor.

No entanto, geralmente é difícil definir o limite de cada estágio e quando pode ser o momento de atualizar para a próxima solução de hospedagem. Continue lendo para aprender dicas práticas que o ajudarão a decidir se é hora de comprar um VPS ou um servidor dedicado.

Servidores dedicados – escolher ou não?

Primeiro, vamos começar com VPS. Essas soluções são como o meio-termo – você obtém recursos estendidos de hospedagem compartilhada por um preço bastante adequado. No entanto, às vezes faz sentido pular o estágio de VPS e apenas mudar para um plano dedicado.

É muito fácil: você só precisa gastar algumas horas modelando o crescimento do seu projeto nos últimos seis meses. Com esses dados em mãos, você pode estimar o número de usuários que visitarão seu site nos próximos seis meses. Esse número o ajudará a entender se VPS será suficiente nessa hora ou se você precisará atualizar.

Mudar para um novo plano de hospedagem costuma ser demorado e até irritante, então faz sentido gastar um pouco mais no início para obter um trabalho mais estável e um melhor gerenciamento do servidor no final.

As vantagens dos servidores dedicados

Os recursos incluídos nos pacotes dedicados são abundantes. Você obtém um servidor completo – e pode fazer qualquer coisa com ele: instalar o sistema operacional de que precisa, muitos add-ons, widgets, qualquer painel de controle – o que você quiser fazer. Ainda mais importante, você obtém uma capacidade incrível e segurança abrangente.

Na verdade, não compartilhar um servidor com outros projetos da web torna seu (s) site (s) mais seguro (s) também. Você não será colocado na lista negra ou bloqueado ocasionalmente apenas por causa do que seus vizinhos estão fazendo em seus sites. Além disso, a maioria das empresas de hospedagem de sites vende servidores dedicados como as melhores soluções, de modo que incluem recursos adicionais e suporte prioritário em pacotes dedicados.

Por fim, os servidores dedicados oferecem o luxo da liberdade. Você tem uma grande capacidade de servidor, então não precisa se preocupar com tráfego e espaço em disco o tempo todo. Então, você pode fazer muitos ajustes finos se seus webmasters tiverem alguns requisitos específicos para gerenciamento de banco de dados, por exemplo. Finalmente, você pode comprar hospedagem dedicada gerenciada e relaxar. Nesse caso, os especialistas do seu host da web farão todo o trabalho sujo para você – apenas não espere soluções personalizadas para o seu projeto a partir de um pacote gerenciado.

No final, os servidores dedicados têm os recursos e bônus mais interessantes; entretanto, tudo depende das necessidades do seu projeto, portanto, certifique-se de monitorá-lo de vez em quando.

Lembre-se de que os planos dedicados não são a estação terminal. A certa altura, quando um plano dedicado também não é suficiente, você pode adquirir um plano de hospedagem em nuvem, mas isso é outra história. O ponto principal é pensar grande: se o (s) seu (s) site (s) tem boas perspectivas de crescimento, porque não optar por uma solução que lhe trará mais vantagens?

Quando você estiver prestes a escolher seus provedores de serviços de hospedagem para seus servidores dedicados, deve considerar a compreensão sobre a reputação anterior do provedor de serviços e os recursos fornecidos pelos servidores. Será muito difícil apontar quem pode fazer melhor para seu aplicativo de negócios. Mas uma breve discussão com o técnico do servidor pode ajudá-lo a direcionar seu plano para a migração e hospedagem sem complicações.

Abaixo, gostaria de compartilhar algumas dicas que podem ajudá-lo a entender melhor sobre a Qualidade de servidores dedicados e provedores de serviços de hospedagem .

Qualidade de hardware

Depois de marcar seus requisitos essenciais em termos de capacidade de processamento, memória e armazenamento, observe o hardware usado para fornecer tudo e como isso afeta a consistência. Vale a pena verificar os equipamentos de marca para maior tranquilidade e, embora recursos como SSDs e fontes de alimentação duplas não sejam obrigatórios, eles podem agregar muito valor para clientes com requisitos exigentes de desempenho e tempo de atividade.

Às vezes, pode ser atraente escolher um serviço de hospedagem de servidor dedicado com base no fato de o provedor estar oferecendo o hardware de ponta mais desejável. Esteja ciente de que isso pode limitar um pouco suas opções e não fornecerá essencialmente uma grande melhoria de desempenho.

Na maioria das vezes, é uma ideia melhor garantir que seus requisitos essenciais sejam atendidos e trabalhar com um provedor que cuida de seu hardware, o que significa períodos de atualização realistas, em vez de uma busca incessante por novas tecnologias. Na verdade, se você estiver preparado para dar uma olhada, poderá encontrar alguns negócios muito bons usando hardware perfeitamente utilizável.

2. Servidores gerenciados e não gerenciados

Outro fator importante a ser considerado é se você precisa de um servidor gerenciado ou não gerenciado . Geralmente, um serviço gerenciado inclui atualizações de segurança, ferramentas de gerenciamento como cPanel e um nível geral de suporte mais alto de seu provedor. Os clientes que optam por este modelo devem verificar quanto está incluído em sua taxa e garantir que o suporte seja de fácil acesso, com tempos de resposta rápidos e sem obstáculos para ultrapassar.

Se, por outro lado, você precisa de um servidor não gerenciado, é importante verificar o grau de personalização oferecido e que você terá a capacidade de configurar e gerenciar recursos como firewalls, backups remotos e proteção anti-DDoS.

3. Qualidade de suporte

Para clientes que seguem a rota gerenciada, o custo e a acessibilidade do suporte são fatores de importância vital a serem considerados – mas também o é a qualidade desse suporte.

Há muito valor em ter uma linha direta de comunicação com a equipe técnica sênior e ainda mais se eles dedicarem tempo para entender seu negócio e seus requisitos exclusivos.

4. Largura de banda e velocidade de conexão

Como acontece com qualquer serviço de hospedagem, a permissão de largura de banda e a velocidade de conexão de seus servidores dedicados terão implicações no desempenho. Lembre-se de que a conectividade é complexa e não tão simples de quantificar como alguns provedores imaginam: a velocidade geral de sua conexão será afetada por fatores como a localização do data center, a qualidade e a diversidade da lista de operadoras e muito mais.

5. Qualidade do data center

Na verdade, a localização e a qualidade do data center onde seus servidores dedicados residem terão um amplo impacto em fatores tão diversos como segurança, conformidade, confiabilidade e desempenho, portanto, há um forte argumento de que deve estar próximo do topo sua lista quando se trata de considerações de sourcing.

Veja a confiabilidade, por exemplo. Não importa o quão topo de gama seja o hardware do seu servidor, uma falha de energia no data center do seu provedor significa tempo de inatividade para seus clientes – portanto, certifique-se de verificar medidas como redundância de UPS para proteção contra interrupções. E, como acima, a presença de uma lista de operadoras diversificadas e de alta qualidade garantirá melhores velocidades de conexão e mais resiliência em caso de interrupções na rede.

Artigos Relacionados